(83) 3221-0160 / 9316-8181 - Av. Primeiro de Maio 720, Jaguaribe - João Pessoa-PB
twitterfacebookgoogleyoutuberss

Weintraub diz que professores coagem alunos para participar de atos

Weintraub diz que professores coagem alunos para participar de atos

IMAGEM EM DESTAQUE: FABIO RODRIGUES POZZEBOM /AGÊNCIA BRASIL

.

Segundo o ministro, pais enviaram mensagens ao MEC dizendo que docentes ameaçam punir estudantes ausentes das manifestações

.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, publicou um vídeo em seu Twitter afirmando que alguns professores têm coagido alunos a participarem das manifestações desta quinta-feira 30. Segundo o ministro, o MEC estaria recebendo cartas e mensagens de pais contando que docentes ameaçam punir estudantes que não comparecerem aos atos contra o governo.

Weintraub orienta que os casos sejam encaminhados para um endereço eletrônico (www.sistema.ouvidorias.gov.br) que, aparentemente, não existe. O ministro também coloca que o MEC está em um esforço para que o ambiente escolar “não seja prejudicado por uma guerra ideológica”.

O que fica evidente, no entanto, é o tom de deboche que Weintraub tem usado para se referir a questões educacionais. A acusação de que faculdades promovem ‘balbúrdia’ e outras ofensas direcionadas a professores e estudantes fez com que o Ministério Público do Rio Grande do Norte ajuizasse uma ação cobrando 5 milhões por danos morais.

Nesta quinta-feira 30, Weintraub também protagonizou um vídeo em que dança “Singing in the Rain” alegando que há uma ‘chuva de fake news‘ sobre o MEC – ele refuta uma apuração feita por reportagem do UOL sobre um corte orçamentário de 12 milhões nas obras do Museu Nacional.
.
.

➤ Leia também:

 

Deixe um Comentário