(83) 3221-0160 / 9316-8181 - Av. Primeiro de Maio 720, Jaguaribe - João Pessoa-PB
twitterfacebookgoogleyoutuberss

Racismo: até quando? “Fomos taxados como macacos, como macumbeiros” denuncia estudantes do IFMA (Instituto Federal do Maranhão) em evento no IFF (Instituto Federal Fluminense).

Racismo: até quando? “Fomos taxados como macacos, como macumbeiros” denuncia estudantes do IFMA (Instituto Federal do Maranhão) em evento no IFF (Instituto Federal Fluminense).

Estudantes e servidores do IFMA (Maranhão) sofrem por atos racistas no IFF (Rio de Janeiro):

Leia essa matéria que apresenta relatos dos estudantes que sofreram as ofensas:

https://goo.gl/sQzzbc

.

.

Do site do IFMA:

Nota de repúdio às atitudes de racismo no III ENNEABI

Frente aos relatos de atos racistas em desfavor da delegação de estudantes e servidores do IFMA em evento acadêmico, a instituição se solidariza e repudia veementemente todos os atos que impliquem em discriminação de qualquer natureza.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) manifesta repúdio a todos os atos que impliquem em discriminação de qualquer natureza.

Dessa forma, a instituição se solidariza frente aos relatos de atos racistas em desfavor da delegação de estudantes e servidores da instituição que participam, desde a terça-feira (07), em Campos dos Goytacazes, no estado do Rio de Janeiro, do III Encontro Nacional de Núcleos de Estudos Afro-brasileiros (NEAB), Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) e grupos correlatos da Rede Federal de Educação Profissional Tecnológica (III ENNEABI).

O IFMA reforça a importância da valorização dos direitos humanos e considera que as instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica representam um espaço de transformação social. Eventos como o ENNEABI possuem relevância social, pedagógica e devem servir como exemplo para um amplo debate em nossa sociedade.

Agradecemos ao apoio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense), instituição anfitriã do evento, e que se posicionou com veemência contra os atos racistas relatados. Temos total convicção que os atos ocorridos não representam o pensamento de servidores e estudantes do IFFluminense.

O IFMA também considera que é fundamental uma apuração rigorosa frente aos fatos e que sejam tomadas todas as providências legais cabíveis.

Acesse aqui a Nota de Repúdio publicada pelo IFFluminense
.
.
.

 

Deixe um Comentário