(83) 3221-0160 / 9316-8181 - Av. Primeiro de Maio 720, Jaguaribe - João Pessoa-PB
twitterfacebookgoogleyoutuberss

Fórum de Lutas Pelos Direitos e Liberdades Democráticas será lançado em 19/02

Fórum de Lutas Pelos Direitos e Liberdades Democráticas será lançado em 19/02

No dia 19 de fevereiro será lançado oficialmente o Fórum Sindical, Popular e da Juventude de Lutas Por Direitos e Liberdades Democráticas. O ato inaugural do Fórum será realizado em São Paulo-SP, às 19 horas, na sede da Apeoesp (localizada na Praça da República).

O SINASEFE está na construção deste Fórum desde suas primeiras reuniões, em outubro do ano passado, seguindo a deliberação da 154ª Plenária Nacional que versa sobre a formação de uma Frente com um programa classista, que se coloque como alternativa de direção para a classe trabalhadora.

Por isso, desde já, convocamos todas as nossas seções sindicais à participação do ato inaugural do Fórum e da construção do mesmo em cada estado.

Assim que tivermos mais informações desta atividade de lançamento do Fórum (programação etc), publicaremos em nossos canais de comunicação.

.

Saiba mais sobre o Fórum

.

.

O Fórum Sindical, Popular e da Juventude de Lutas Por Direitos e Liberdades Democráticas tem por ideia aglutinar partidos políticos de esquerda, entidades sindicais, estudantis, movimentos sociais, populares, de lutas contra as opressões etc para construir a mais ampla unidade de ação contra o governo neofascista de Jair Bolsonaro.

“Em todas as Plenárias anteriores do SINASEFE temos deliberado pela construção de uma unidade de ação nos fóruns ampliados, em unidade com os demais setores do funcionalismo público e da educação, e este Fórum, em especial, está para além do funcionalismo e da educação: ele se propõe a organizar e mobilizar a classe para o enfrentamento do conjunto de ataques que estão postos”, afirmou o diretor do SINASEFE Michel Torres (pasta de comunicação).

O Fórum terá por foco inicial os seguintes eixos de ação:

  1. Defesa dos direitos trabalhistas e contra o fim do Ministério do Trabalho;
  2. Defesa da previdência pública e universal;
  3. Defesa da educação e da saúde públicas, gratuitas e de qualidade;
  4. Defesa da política de igualdade racial, de gênero e respeito à diversidade sexual;
  5. Defesa das liberdades democráticas;
  6. Defesa da reforma urbana e agrária;
  7. Contra a criminalização dos movimentos sociais;
  8. Pela revogação da EC 95/2016;
  9. Em defesa do emprego, salário e moradia;
  10. Em defesa do setor público estatal e contra as privatizações;
  11. Pela liberdade de ensinar e de aprender, em defesa da autonomia das instituições de ensino públicas.

Deixe um Comentário