(83) 3221-0160 / 9316-8181 - Av. Primeiro de Maio 720, Jaguaribe - João Pessoa-PB
twitterfacebookgoogleyoutuberss

O RSC já está regulamentado para a categoria docente, vamos lutar todos juntos para que seja implantado também para os TAEs!

O assunto sobre o RSC para TAEs está sendo discutido por todo o país. Um dos IFs pioneiros nesta discussão é o IF em Minas Gerais. 

Na Paraíba não é diferente! O SINTEFPB representa os servidores públicos federais técnicos administrativos e docentes da educação, e movimenta a campanha pelo RSC para os TAEs.

A regulamentação e a concessão de RSC aos técnico-administrativos em educação (TAE) foi pauta na última reunião do Conselho Nacional de Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Conif) realizada no início deste mês.
.

Uma comissão formada por representantes do Fórum de Gestão de Pessoas ligado ao Conselho apresentou uma série de propostas para o Reconhecimento de Saberes e Competências à categoria de técnicos, que foram recebidas e, atualmente, passam por ajustes.

.

Entre os principais pontos discutidos, estão: diretrizes de cada nível e experiência profissional necessária, justificativa da criação do RSC-TAE e a minuta do projeto de lei, que alteraria a Lei 11.097/2005, de forma que esta disponha também sobre os ocupantes de cargos técnico-administrativos.

.

Segundo as propostas do Forgep, a implantação do RSC-TAE trará ganho qualitativo na formação profissional do servidor com foco no interesse institucional, uma vez que inibe a busca de titulação exclusivamente para fins financeiros e estimula a busca por qualificação.

.

Fonte: Assessoria de Comunicação do  IF Sudeste MG.

.

O RSC já está regulamentado para a categoria docente, vamos lutar todos juntos para que seja implantado também para os TAEs!

O SINTEFPB luta por todos os servidores públicos federais da educação da Paraíba!

______________________________________

Filie-se ao SINTEFPB.

#juntossomosmaisfortes
__________________________

Acesse nossas redes sociais e mantenha-se informado:

Fan Page:
https://www.facebook.com/sintefpboficial

Adicionar aos amigos:
https://www.facebook.com/sintef.paraiba

___________________________________________________

Atenciosamente,

Assessoria de Comunicação do SINTEFPB.

1 Comentário

  1. Tenho lido sobre o assunto e fico me perguntando:
    E o DOUTORADO?
    Tenho plena consciência a respeito da importância de valorizar ainda mais a carreira TAE. Mas, se entendi corretamente a proposta, ela acaba jogando no lixo o doutoramento, tornando-o sem importância na carreira dos TAE´s. Não se pode simplesmente equiparar a carreira do mestre com a do doutor. Entendo que muitas pessoas que não possuem título algum desenvolvem um papel mais importante que o de um doutor, mas ao mesmo tempo seria irracional jogar anos de estudos das nossas vidas esgoto abaixo além de desincentivar qualquer TAE que deseja continuar trilhando o caminho da pós-graduação, por não agregar nada em termos de carreira. Em palavras simples: um mestrado não “custa” nem “vale” o mesmo que um doutorado. Quem seguiu este caminho sabe do que estou falando, o quão difícil é concluir cada etapa da vida.
    Não estou desmoralizando o mestrado, mas acredito que algo deveria ser agregado à carreira do TAE doutor, que já foi esquecida na última vez que mexeram na lei 11091 (Lei nº 12.772, de 2012).
    Concluindo, não é a sempre uma das bandeiras mais levantadas pela luta, aquela que diz respeito a não retroceder nas conquistas??? Basta manter a proposta atual agregando algo à carreira com doutorado.
    Se minha interpretação da proposta foi equivocada, mil perdões.

Deixe um Comentário