(83) 3221-0160 / 9316-8181 - Av. Primeiro de Maio 720, Jaguaribe - João Pessoa-PB
twitterfacebookgoogleyoutuberss

Educadores lançam campanha de valorização da profissão

Entidades sindicais representativas da categoria dos educadores paraibanos lançaram uma campanha de valorização da profissão que contará com anúncios em outbus, outdoors e jornais. A campanha será iniciada hoje (15), como marco comemorativo ao “Dia do Professor”.

O lançamento da campanha aconteceu ontem (14), com uma entrevista coletiva na sede da ADUFPB. A coordenadora do SINTEFPB, professora Vania Maria de Medeiros, representou a entidade.

A campanha recebeu o título: “A educação pede socorro!”. A iniciativa visa alertar a sociedade para a situação precária da educação no Estado e em todo o país.

Veja abaixo nota das entidades e link da matéria de lançamento da campanha no site da ADUFPB.

Os/as trabalhadores/as em educação da Paraíba e do Brasil vivem um momento extremamente delicado, não apenas no que diz respeito à sua remunera­ção – que representa um abuso da elite política desse país -, como também à sua valorização enquanto profissionais de uma área que, via de regra, é considerada FUNDAMENTAL e PRIORITÁRIA para o futuro de qualquer nação que deseje, concretamente, se tornar desenvolvida.

Chegamos à segunda década do século XXI e o Brasil mantém uma das maiores taxas de analfabetismo do mundo. O País investe pouco mais de   5% do PIB no setor e aprova a aplicação de 10% desse recurso apenas para 2023, tratando isso como um “avanço” na política educacional. Escolas públicas estão seriamente comprometidas na sua estrutura física, sem dispor de bibliotecas, laboratórios, refeitórios para os/as alunos/as, além de quadras esportivas na maioria das unidades. Sem falar na total insegurança que reina nas escolas, comprometendo professores/as, alunos/as e funcionários/as, sem que os gover­nos tomem uma providência em relação a isso.

Hoje, para completar esse quadro dantesco da situação da rede pública, há toda uma política desenvolvida pelos gestores de promoção da meritocracia, dividindo nossa categoria em busca de migalhas que não garantem, efetivamente, nenhum aumento na qualidade do ensino. Tal política serve tão somente para passar uma imagem à sociedade de que isso resolve os problemas enfrentados pelos/as professores/as no cotidiano da sala de aula. Em vez desses gestores investirem em formação continuada e estímulo ao aperfeiçoamento da categoria, com cursos de pós-graduação e/ou aperfeiçoamento dos profissionais de educa­ção, preferem a política da meritocracia, como forma de “ganhar pontos” com a sociedade, sem esclarecer contudo que tal ação prejudica ainda mais a qualidade do ensino.

Além disso, prefeitos, governadores e o governo federal implementam uma política de ataque aos Planos de Carreira de nossa categoria em todo o país, numa demonstração clara de acabar com várias conquistas obtidas pela luta desses profissionais.

Neste quadro de incertezas pelo qual passa a função docente em nosso país, vimos por meio desta nota PARABENIZAR todos/as os/as professores/as da Paraíba e do Brasil pela passagem do seu dia, neste 15 de outubro de 2013. Esta é uma data de luta, na qual devemos comemorara resistência desses/as profissiona­is que continuam, na sala de aula, a construir uma consciência crítica nos corações e mentes dessa juventude, cada vez mais crítica e mais participativa na luta por seus direitos. Apesar de todas as dificuldades enfrentadas portados nós, professo­res e professoras, continuamos a desempenhar nosso papel, na certeza de estar­mos contribuindo para a construção de uma sociedade justa, igualitária, sem preconceitos, socialista.

Veja matéria sobre campanha das entidades: Entidades da PB lançam campanha pela valorização da educação

Deixe um Comentário