(83) 3221-0160 / 9316-8181 - Av. Primeiro de Maio 720, Jaguaribe - João Pessoa-PB
twitterfacebookgoogleyoutuberss

Agora é a hora de apresentarmos aos candidatos e candidatas à Reitoria e às direções dos campi nossas reivindicações e exigir que se comprometam com o atendimento às demandas da comunidade que pretendem representar!

Agora é a hora de apresentarmos aos candidatos e candidatas à Reitoria e às direções dos campi nossas reivindicações e exigir que se comprometam com o atendimento às demandas da comunidade que pretendem representar!

No dia 08 de fevereiro de 2018 o SINTEFPB realizou mais uma plenária estadual. Na pauta estava o retorno das assembleias locais que discutiram os eixos da campanha “Reitor, Quero Meus Direitos!”. As reivindicações deveriam ser apresentadas ao Reitor antes do início do processo eleitoral, de maneira a garantir – em caráter urgente – os encaminhamentos para algumas demandas que já vinham se arrastando há anos.

A audiência com o reitor aconteceu  no dia 13 de março, no auditório da Casa Rosada. Foram apresentadas as demandas organizadas em cinco diretrizes. (Veja os materiais da campanha “Reitor, Quero Meus Direitos!” e registros da audiência aquihttps://www.sintefpb.org.br/campanha-reitor-quero-meus-direitos/)

Entre garantias e impasses, que precisam ser tratados com vigilância e nossa mobilização  –  teremos os seguintes encaminhamentos: a) o sindicato apresentará à Reitoria o universo dos IFs que pagam o auxílio transporte e a devida base legal para que o IFPB possa garantir o mesmo benefício para os servidores e servidoras da nossa instituição; b) convocação da comissão de regulamentação da jornada de 30h para os técnicos-administrativos para a finalização do trabalho e o encaminhamento de resolução sobre o assunto ao Conselho Superior; c) compromisso da reitoria em regularizar a concessão de periculosidade e insalubridade até junho em todo o Instituto; d) formação de uma comissão para produzir os editais para as eleições da CIS, CPPD e ouvidoria; e) apresentação, pelo Sindicato, de uma minuta de resolução para a regulamentação das eleições de coordenadores e coordenadoras de cursos, áreas e afins em todo o Instituto.

Nos pontos referentes às políticas educacionais, a Reitoria informou que não participará mais de qualquer iniciativa do Ministério da Educação que resultem em tentativa de implantar o Novo Ensino Médio na Rede Federal de Educação Profissional. Por fim, demos tratamento aos Mapas de Atividades e a resolução sobre as Diretrizes para a Carga Horária Docente. A reitoria insiste na manutenção do preenchimento dos mapas, ainda que sob a vigência da resolução aprovada em 2010. Insistimos e mantemos nossa convicção de que deve ser suspenso o preenchimento dos mapas até que nova resolução – que defenda a autonomia do IFPB e a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão – seja aprovada. Por fim, formamos uma comissão de negociação para garantir o encaminhamento dos pontos acertados e o recebimento de situações que vierem dos campi como casos de assédio e problemas envolvendo as condições de trabalho.

 

Agora é a hora de apresentarmos aos candidatos e candidatas à Reitoria e às direções dos campi nossas reivindicações e exigir que se comprometam com o atendimento às demandas da comunidade que pretendem representar!
.
.

 

DIREÇÃO ESTADUAL SINTEFPB – GESTÃO MUDAR PARA LUTAR

Deixe um Comentário