(83) 3221-0160 / 9316-8181 - Av. Primeiro de Maio 720, Jaguaribe - João Pessoa-PB
twitterfacebookgoogleyoutuberss

Câmara dos Deputados aprova PL que suspende aumento salarial e progressão de servidores públicos

Câmara dos Deputados aprova PL que suspende aumento salarial e progressão de servidores públicos

O Projeto de Lei Complementar 149/2019 que estabelece o “Programa Emergencial de Apoio a Estados e Municípios no Combate ao Coronavírus”  foi aprovado em primeiro turno na Câmara dos Deputados e segue para o Senado Federal

.

O Congresso Nacional segue tentando votar Projetos de Lei que retiram direitos dos trabalhadores, sob justificativa de executar ações para enfrentar a pandemia do novo coronavírus no Brasil. Na manhã desta terça (14), em sessão virtual, a Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno o Projeto de Lei Complementar 149/2019 que estabelece o “Programa Emergencial de Apoio a Estados e Municípios no Combate ao Coronavírus”.

O PLC prevê a suspensão de aumentos, progressões e promoções funcionais de membros, servidores, militares e empregados públicos da administração direta e indireta, enquanto perdurar a situação de calamidade pública reconhecida pelo Congresso Nacional. 

De autoria do deputado Pedro Paulo (DEM-RJ), o Projeto altera as Leis Complementares números 101 e 156, além de dar outras diretrizes. O PLC estabelece também a reposição a estados e municípios das perdas com ICSM e ISS e ainda prevê a flexibilização da Lei de Responsabilidade Fiscal para despesas relacionadas ao combate do novo coronavírus. O texto do projeto segue para o Senado Federal. 

Para a secretária-geral do Andes-SN e professora da UFF, Eblin Farage, a medida é absurda e mostra o descompromisso dos governantes e congressistas com a defesa dos serviços públicos e com a população. “Num momento que o Congresso Nacional deveria estar preocupado em fortalecer o funcionalismo público, já que somos nós que estamos na linha de frente do combate ao coronavírus nas mais diversas áreas, eles ficam buscando formas de punir servidores e servidoras. O Andes está acompanhando a tramitação do PLC e se movimento para barrar mais esse ataque”, ressalta a docente.

.

.

Da Redação da Aduff | Por Lara Abib, com informações de Direção Concursos

Deixe um Comentário