(83) 3221-0160 / 9316-8181 - Av. Primeiro de Maio 720, Jaguaribe - João Pessoa-PB
twitterfacebookgoogleyoutuberss

Filme feito por estudantes do IFPB campus Campina Grande, que aborda vivência dos surdos, ganha etapa regional do projeto Cineastas 360°

Filme feito por estudantes do IFPB campus Campina Grande, que aborda vivência dos surdos, ganha etapa regional do projeto Cineastas 360°

 

Por Thiago Cavalcante | Fonte: Site do IFPB
.

O filme “E se você fosse surdo?” dos estudantes do IFPB Campina Grande José Andrade Neto, Raissa de Macedo e Wanderlecio Rodrigues foi o grande vencedor do III Festival Regional Cineastas 360°. A mostra competitiva aconteceu na terça-feira, dia 04 de junho, no mini auditório do IFPB Campina. Outros seis filmes produzidos com tecnologia 360° concorreram no festival que conta com a parceria da ONG Recode e Facebook. Os vencedores partem agora para a competição nacional em Brasília.

Retratando o mundo dos surdos, que poucos conhecem, o filme ganhador leva o público a se colocar no lugar do surdo e perceber que são pessoas capazes tendo como diferença a ausência da audição, mas que isso é resolvido através da língua de sinais. No roteiro do filme de cinco minutos, os produtores apresentam dados e situações de falta de comunicação na sociedade. No final, a resposta ao título do filme é dada pela aluna surda e uma das produtoras, Raissa Macedo. Todo o processo de construção da obra contou a orientação da professora Germana de oliveira.

“O projeto trouxe muito aprendizado. Claramente eu consegui criar estratégias de como filmar e  atuar para poder transmitir  a sociedade que o surdo é feliz e capaz. Teve momentos que me deu vontade de chorar de tanta felicidade. O surdo pode se desenvolver tanto quanto um ouvinte”, afirma Raissa.

Para a professora do IFPB e coordenadora regional do Festival Cineastas 360°, Gardênia Lustosa,  o maior aprendizado deixado pelo projeto foram as relações humanas e na forma inovadora de aprender e ensinar. “Essa iniciativa descentraliza o ensino e notabiliza o jovem”, ressalta Lustosa.  

O projeto Cineastas 360º, idealizado em parceria com o Facebook capacita alunos e educadores de escolas públicas de todo o país a usarem a tecnologia de vídeo 360º para produção de  filmes que retratam questões relevantes de suas comunidades.

*com informações do Campus

Deixe um Comentário