(83) 9.8151-9357 - sintefpb@gmail.com / Av. Primeiro de Maio 720, Jaguaribe - João Pessoa-PB
twitterfacebookyoutube

3 motivos para barrar a Reforma Administrativa (PEC 32)

3 motivos para barrar a Reforma Administrativa (PEC 32)

Não faltam razões para dizermos “não” à Reforma Administrativa (PEC 32/2020) de Bolsonaro e Paulo Guedes.

Fonasefe elencou os três motivos considerados principais para nos mobilizarmos na luta contra a aprovação desse projeto, que visa desmontar e privatizar os serviços públicos. Fique por dentro deles logo abaixo:

 

 

Como os serviços públicos vão piorar?

 

 

O texto que irá ao plenário da Câmara dos Deputados prevê, no seu artigo 37, alínea a, a “cooperação” entre a Administração Pública e instituições com fins lucrativos. Ou seja: permite a privatização de serviços essenciais como a Saúde e a Educação, alterando, assim, a lógica central da prestação dos serviços públicos. Além disso, o texto também conta com dispositivos que diminuem o número efetivo de servidores, como o fim dos concursos e a redução de jornadas e salários em até 25% (menos atendimento para a população e menos dinheiro circulando na economia do país).

 

 

Por que acabar com a estabilidade é ruim?

 

 

A estabilidade, além de um direito adquirido, é um recurso que permite que o Estado Brasileiro funcione em prol das necessidades da população acima de qualquer interesse dos governos vigentes. Ao pôr fim à estabilidade – somado ao fim dos concursos – o governo dá o sinal verde para grandes esquemas de corrupção.

 

 

Como a PEC 32/2020 aumenta a corrupção?

 

 

Os grandes esquemas de corrupção acontecem através da contratação entre Estado e empresas terceirizadas para a realização de serviços. Com a premissa de privatização dos serviços públicos, quantas empresas de políticos e amigos de políticos não serão beneficiadas com aquela “molhada de mão”? Pior ainda: sem a estabilidade do servidor público, quem poderá denunciar esses esquemas de vantagens?

 

 

Lute contra a Reforma Administrativa!

 

 

A PEC 32/2020 não trará benefícios ao povo brasileiro. Esse projeto representa o total retrocesso do Estado e legaliza a farra dos políticos e seus amigos empresários com os recursos públicos.

 

 

A Reforma Administrativa vai piorar a vida do trabalhador. Resista! Mobilize-se! Lute por seus direitos: diga “não” à PEC da Rachadinha!

 

 

Deixe um Comentário