(83) 9.8151-9357 - sintefpb@sintefpb.org.br / Av. Primeiro de Maio 720, Jaguaribe - João Pessoa-PB
twitterfacebookyoutube

Plenária Estadual das Mulheres do SINTEFPB

Plenária Estadual das Mulheres do SINTEFPB

Nós, mulheres da rede de ensino federal, vivemos um contexto de extremo acirramento da violência direcionada a nós, em uma instituição pública que está em processo de desmonte junto com o conjunto das instituições da Educação brasileira, vítimas do retrocesso de um governo genocida, machista, racista, que transformou a violência em uma política de governo.

 

É a partir desse contexto que viemos desnudar esse debate em nossa instituição, compreendendo o importante papel que a nossa auto-organização enquanto mulheres têm a cumprir na defesa da construção de uma instituição que promova uma política de vida para as nossas trabalhadoras e nossas educandas.

Por isso, é com muita esperança que estamos passando para trazer a convocatória da Plenária Estadual das Mulheres do SINTEFPB – Mulheres na luta contra o Assédio e todas as violências, que acontecerá na quarta-feira, dia 13/07, às 19h, de forma remota através da plataforma GoogleMeet. Esse momento será preparatório para o 3º Encontro Nacional de Mulheres do SINASEFE, que acontecerá entre os dias 18 e 21 de Agosto, em Fortaleza.

Contamos com a participação de todas na construção de um IFPB que defenda as vidas das mulheres!

📌 Data: 13/07 (quarta-feira)
Horário: 19h
Link de acesso: htt

 

ps://meet.google.com/afd-cgme-aek

“Vozes Mulheres”

 

A voz de minha bisavó ecoou criança nos porões do navio.
ecoou lamentos de uma infância perdida.

A voz de minha avó ecoou obediência aos brancos-donos de tudo.

A voz de minha mãe
ecoou baixinho revolta
no fundo das cozinhas alheias debaixo das trouxas
roupagens sujas dos brancos pelo caminho empoeirado rumo à favela.

A minha voz ainda ecoa versos perplexos com rimas de sangue e fome.

A voz de minha filha recolhe todas as nossas vozes recolhe em si as vozes mudas caladas engasgadas nas gargantas. A voz de minha filha recolhe em si a fala e o ato.
O ontem – o hoje – o agora.
Na voz de minha filha se fará ouvir a ressonância o eco da vida-liberdade.

(Conceição Evaristo)

 

 

 

Deixe um Comentário